PRECE



 Para que Oramos?

 

     A prece ou oração é a busca consciente da conexão com Deus, com as forças supremas da vida.         Pode ter por objetivo múltiplos interesses.
     Pela oração sincera, a que sai do coração, conecta-se imediatamente com forças superiores da vida, em regime de permuta fluídica que revitaliza o ser para suas lutas, para vencer-se a si mesmo, para o esforço imprescindível de autossuperação, renuncia e sacrifício em prol daquilo que se almeja.
    Aprende-se com o espiritismo que Deus é pai e não mordomo, atendendo a seus filhos conforme convém à sua infinita sabedoria e amor, e não necessariamente como desejam os seus filhos, crianças espirituais que, na maioria dos casos desejam exatamente aquilo que lhes convém, ou quando não convém ou de maneira que não convém.
     A oração que é ensinada pelo espiritismo é a partilha de alma, o exercício de fé e entrega à guiança da sabedoria divina, na consciência de que Deus, sendo amor infinito, só pode querer para seus filhos o que de melhor exista para suas vidas, dentro de seu contexto evolutivo e necessidades espirituais, não cabendo, pois, medo ou insegurança nessa relação.
    A oração sincera é realizada pela expressão espontânea e íntima, na conexão com o Pai que está no interior do ser humano.
     A oração sempre produz efeitos consideráveis e mesmo quando parece não produzir efeito, está agindo em favor daquele que ora.
Andrei Moreira
Cura e Autocura
Uma Visão Médico-Espirita



Prece de Caritas
Deus 
nosso Pai,
que Sois todo poder e bondade,
dai força àqueles que passam pela provação,
dai luz àqueles que procuram a verdade,
e ponde no coração do homem a compaixão e a caridade.
 
Deus,
dai ao viajante a estrela Guia,
ao aflito a consolação,
ao doente o repouso.
 
Pai,
dai ao culpado o arrependimento,
ao espírito, a verdade,
à criança o guia,
ao órfão, o pai.
Que a vossa bondade se estenda sobre tudo que criaste.
Piedade, Senhor, para aqueles que não Vos conhecem, e
esperança para aqueles que sofrem.
Que a Vossa bondade permita aos espíritos consoladores,
derramarem por toda à parte a paz, a esperança e a fé.
 
Deus,
um raio, uma faísca do Vosso divino amor pode abrasar a Terra,
deixai-nos beber na fonte dessa bondade fecunda e infinita, e
todas as lagrimas secarão,
todas as dores acalmar-se-ão.
Um só coração, um só pensamento subirá até Vós,
como um grito de reconhecimento e de amor.
Como Moisés sobre a montanha,
nós Vos esperamos com os braços abertos.
Oh! bondade, Oh! Poder, Oh! beleza, Oh! perfeição,
queremos de alguma sorte merecer Vossa misericórdia.
 
Deus,
Dai-nos a força no progresso de subir até Vós,
Dai-nos a caridade pura,
Dai-nos a fé e a razão,
Dai-nos a simplicidade que fará de nossas almas
O espelho onde refletirá um dia a Vossa Santíssima imagem.
Ditado pelo Espírito Cáritas.
25 de dezembro de 1873


       Deus sabe o que vai no íntimo de cada um de seus filhos então, ” quando orardes, entra no teu aposento e, fechando a tua porta, ora a teu pai, que está em secreto, e teu Pai, que vê em secretamente, te ouvirá”. Mt  6:7

       E tudo o que pedires na oração, crendo, o recebereis. Mt 21:22

     E receberemos, porém, muitas das vezes não percebemos ou não aceitamos a forma que o Pai nos atende...
Por Valenthina

"Brilhai a vossa luz! "

_______________________________________________________________________





    PORQUE...


“A prece é uma invocação, mediante a qual o homem entra, pelo pensamento, em comunicação com o ser a quem se dirige. Pode ter por objeto um pedido, um agradecimento, ou uma glorificação. Podemos orar por nós mesmos ou por outrem, pelos vivos ou pelos mortos. As preces feitas a Deus escutam-nas os Espíritos incumbidos da execução de suas vontades; as que se dirigem aos bons Espíritos são reportadas a Deus.” (...) 
(O Evangelho Segundo Espiritismo – Cap. XXVII item 9. Ação da Prece. Transmissão de Pensamento) 


Os grupos anônimos de mútua ajuda sugerem, em seu Programa de Recuperação, que as pessoas admitam a existência de um Poder Superior a elas mesmas, tal como cada um queira concebê-lo.
Iniciam e encerram todas as suas reuniões proferindo a Oração da Serenidade, embora não estejam filiados a nenhuma organização religiosa, havendo lugar para pessoas de todas as crenças ou que não tenham nenhuma bem como ateus ou agnósticos.


Essa Oração foi extraída da Oração da Serenidade, de autoria do Teólogo Rinhold Niebuhr.  


Coragem para modificar aquelas que posso e
Sabedoria para conhecer a diferença entre elas.
Vivendo um dia de cada vez;
Desfrutando um momento de cada vez;
Aceitando que as dificuldades constituem o caminho à paz;
Aceitando, como Ele aceitou,
Este mundo tal como é, e não como eu queria que fosse;
Confiando que Ele Acertará tudo
Contanto que eu me entregue à Sua vontade;
Para que eu seja razoavelmente feliz nesta vida
E supremamente Feliz com Ele eternamente na próxima.
                Amém!




"Brilhai a vossa luz..."



____________________________________________________________________________


Através da prece nos colocamos em comunicação com os bons espíritos, e por meio desta sublime ferramenta podemos abrandar sofrimentos e pedir forças, esta prece se encontra no Evangelho Segundo o Espiritismo no capítulo XXVIII Coletânea de Preces Espíritas, pelas almas sofredoras que pedem preces... 

Por um suicida

            Jamais tem o homem o direito de dispor da sua vida, porquanto só a Deus cabe retirá-lo do cativeiro da Terra, quando o julgue oportuno. Todavia, a justiça divina pode abrandar-lhe os rigores, de acordo com as circunstâncias, reservando, porém, toda a severidade para com aquele que se quis subtrair às provas da vida. O suicida é qual prisioneiro que se evade da prisão, antes de cumprida a pena; quando preso de novo, é mais severamente tratado. O mesmo se dá com o suicida que julga escapar às misérias do presente e mergulha em desgraças maiores.

Prece

            Sabemos, ó meu Deus, qual a sorte que espera os que violam a tua lei, abreviando voluntariamente seus dias; mas, também sabemos que infinita é a tua misericórdia. Digna-te, pois, de estendê-la sobre a alma de N... Possam as nossas preces e a tua comiseração abrandar a acerbidade dos sofrimentos que ele está experimentando, por não haver tido a coragem de aguardar o fim de suas provas.
            Bons Espíritos, que tendes por missão assistir os desgraçados, tomai-o sob a vossa proteção; inspirai-lhe o pesar da falta que cometeu. Que a vossa assistência lhe dê forças para suportar com mais resignação as novas provas por que haja de passar, a fim de repará-la. Afastai dele os maus Espíritos, capazes de o impelirem novamente para o mal e prolongar-lhe os sofrimentos, fazendo-o perder o fruto de suas futuras provas.
            A ti, cuja desgraça motiva as nossas preces, nos dirigimos também, para te exprimir o desejo de que a nossa comiseração te diminua o amargor e te faça nascer no íntimo a esperança de melhor porvir! Nas tuas mãos está ele; confia na bondade de Deus, cujo seio se abre a todos os arrependimentos e só se conserva fechado aos corações endurecidos.

Allan Kardec


"Brilhai a vossa luz..."

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Conhecendo o projeto!